Ads 468x60px

5 de dez de 2014

JANDUIS-RN: Comandante do Destacamento Policial é preso suspeito de pistolagem

Sexta, 05 de dezembro de 2014
Cabo Silva, comandante do Destacamento Policial de Janduís, daria cobertura a criminosos da região. Ação encontrou maconha no carro da polícia que estava com o policial. 
Foto: Whatsapp 

Foto: Whatsapp 

Foto: Whatsapp 
Uma operação da Polícia Militar da Força Nacional prendeu sob a suspeita de crimes de pistolagem na madrugada desta sexta-feira (5) o comandante do destacamento policial do município de Janduís, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Segundo o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, comandante geral da PM no estado, foram encontradas porções de drogas dentro do carro da polícia, que estava na casa do policial. 

Além de Janduís, a operação cumpriu 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de Frutuoso Gomes e e Almino Afonso. De acordo com o delegado Sandro Régis, titular da Delegacia Regional de Patu e responsável área, a prisão do cabo Silva, comandante da PM de Janduís, aconteceu após a droga ser encontrada dentro da viatura. "Estávamos investigando homicídios e o tráfico de drogas na região e as denúncias levaram a vários nomes, dentre eles o do cabo Silva, que estaria acobertando crimes de pistolagem na região. Por enquanto, há apenas as denúncias, mas vamos investigar", explicou o delegado. Na casa do policial Militar foram encontradas armas, que pertencem à corporação. "As armas já foram identificadas como sendo da PM. Agora ele vai prestar depoimento para esclarecer se a droga era dele ou não. A princípio, ele deve responder por posse de drogas", disse Sandro. 

Ainda segundo o delegado, outras quatro pessoas foram presas durante a operação. "Duas foram presas por tráfico de drogas e outras duas por porte ilegal de arma", completou. 

Policial foi exonerado do comando do Destacamento Policial Militar do município 
Ao G1, o coronel Araújo disse que logo que foi confirmada a prisão do cabo Silva, ele foi exonerado do comando do DPM de Janduís. "Já haviam indícios de desvio de conduta e a Polícia Civil cumpriu os mandados, constatando a infração. Se for comprovada a participação dele nos crimes dos quais é suspeito, o cabo vai responder por um processo na esfera civil e outro na esfera militar", contou ele. 

Caso fique detido após prestar depoimento, o cabo Silva deve ser trazido para a sede do Comando Geral da Polícia Militar, no bairro do Tirol, na Zona Leste de Natal. 

*G1/RN 
Adaptação do texto: Umarizal News


Fonte: Serrinha de fato

0 comentários:

Postar um comentário